terça-feira, fevereiro 07, 2012

Como foi o Termómetro

Foi uma enorme aventura. Aconteceram imensas coisas que ninguém esperava, e agora senti vontade de falar sobre a viagem num ponto de vista mais pessoal. Para começar fui pela primeira vez ao Porto sozinho e de autocarro, quando fui comprar o bilhete descobri que o meu cartão de débito tinha expirado quando a máquina de multibanco ficou com ele. Se não fosse a minha amiga Vera a ajudar-me não teria ido para o norte nesse dia. A meio da viagem a policia parou o autocarro numa operação stop e os passageiros tiveram de ficar no mesmo sitio durante duas horas, ou seja, a viagem foi mais longa e cansativa do que esperava. Tenho que agradecer aos meus amigos Wesley e Mariana que receberam-me e guiaram-me pela cidade que eu desconhecia. Quando cheguei conheci os espanhóis Stand Up Against Heart Crime, que são rapazes simpáticos que fazem musica muito boa. A noite do concerto foi muito fria e as coisas atrasaram, o som no palco não foi o melhor, mas as pessoas gostaram do concerto. Diverti-me bastante, pois pude conhecer as pessoas simpáticas das outras bandas, e vi concertos que satisfizeram a minha curiosidade. Tenho pena que os Linda Martini só tenham tocado duas canções, mesmo estando tanto frio e sendo cinco da manhã. No final da noite os Zurich Dada ficaram em terceiro lugar e os Crisis foram os grandes vencedores. Eu fiquei extremamente contente por ficar em segundo lugar naquele que considero ser o melhor concurso nacional de música. Sinceramente tenho de revelar um pequeno segredo: desde o inicio que estava a torcer para que os Crisis ganhassem, pois gosto imenso da musica deles e acho que são uma das bandas mais negligenciadas deste país, pois já andam nisto à algum tempo e merecem ser bem sucedidos. Outra curiosidade que acaba por não ser um segredo: eu e a minha banda só tivemos um ensaio e foi à sensivelmente de três semanas, antes da eliminatória no Music Box. Se eu não tivesse comigo o  Ben Monteiro, o Vitor Hugo Azevedo e o Gonçalo de Almeida, muito certamente não ficaria tão bem posicionado, estou muito grato pelos meus três irmãos. No dia seguinte voltei para Lisboa contente e hoje tenho mais amigos que conheci no Porto. Nem tudo correu em feição, mas a cima de tudo foi uma experiência que ajudou-me a crescer imenso. Muito obrigado a todos os que tornaram isto possivel.


Fotografia de Lara Jacinto/nFactos

2 comentários:

metalman666 disse...

Acima de tudo divertiste-te e conheceste pessoal novo. Isso é sempre bom. E parabéns pelo 2º Lugar ;)

Abraço!

Douglas Rogerson disse...

Well done on second place! Here are a few photos from your set.

https://picasaweb.google.com/115040149675439186538/GrandeFinalDoFestivalTermometroSala114?authuser=0&feat=directlink